PUBLICIDADE
IPCA
0,87 Ago.2021
Topo

Enfrentando divisões, democratas da Câmara dos EUA adiam votação de plano de gastos de US$3,5 bi

24/08/2021 08h51

Por Susan Cornwell e David Morgan

WASHINGTON (Reuters) - Os democratas na Câmara dos Deputados dos Estados Unidos adiaram no início desta terça-feira a votação do ambicioso plano do presidente Joe Biden para expandir programas sociais, em meio a desacordo sobre quais partes da agenda devem ter prioridade.

Os democratas haviam planejado uma votação para avançar com o plano de gastos de 3,5 trilhões de dólares para a noite de segunda-feira, mas cancelaram depois que horas de negociações a portas fechadas não conseguiram resolver as divisões internas do partido.

A presidente da Câmara, Nancy Pelosi, esperava aprovar rapidamente o esboço do orçamento de 3,5 bilhões de dólares, o que permitiria aos parlamentares começar a preencher os detalhes do pacote abrangente que elevaria os gastos com creches, educação e outros programas sociais, aumentando também os impostos sobre os mais ricos e as corporações.

Mas os democratas mais ao centro se recusaram a concordar, dizendo que a Câmara deve primeiro aprovar outra prioridade de Biden: um projeto de infraestrutura de 1 trilhão de dólares que já foi aprovado por republicanos e democratas no Senado.

Steny Hoyer, o segundo principal democrata da Câmara, disse que a Casa retomará a votação às 13h (horário de Brasília) desta terça-feira.

PUBLICIDADE