PUBLICIDADE
IPCA
0,87 Ago.2021
Topo

Rússia eleva juros a 6,75% e sinaliza possibilidade de mais altas

10/09/2021 08h30

MOSCOU (Reuters) - O banco central da Rússia elevou sua taxa básica de juros para 6,75% nesta sexta-feira, a quinta alta neste ano para tentar conter a inflação persistentemente elevada, e indicou que mais aumentos são possíveis.

A maioria dos analistas consultados pela Reuters previa que o banco central elevaria os juros , que estavam em 6,5% antes da decisão, em 0,5 ponto percentual, depois de alta de 1 ponto em julho.

O banco central disse que sua decisão foi motivada pela inflação mais alta.

"Se a situação avançar em linha com a previsão básica, o Banco da Rússia mantém em aberto a perspectiva de mais altas de juros em suas próximas reuniões", disse o banco em comunicado.

O banco central disse que a inflação estava em 6,74% em 6 de setembro, e a caminho de voltar a 4,0%-4,5% em 2022. O banco central, que visa inflação a 4%, retirou a previsão para o fim do ano que estava antes em 5,7-6,2%.

A inflação alta prejudica os padrões de vida e tem sido uma das maiores preocupações entre as famílias antes das eleições parlamentares neste mês, em que o partido governista Rússia Unida deve manter o poder.

(Reportagem de Andrey Ostroukh, Alexander Marrow, Elena Fabrichnaya, Anton Kolodyazhnyy)

PUBLICIDADE