PUBLICIDADE
IPCA
0,87 Ago.2021
Topo

MSC mira controle acionário da Log-In a R$ 25 por ação

A MSC disse em um comunicado que a oferta seria de R$ 25 por ação de pelo menos 62% e no máximo 67% do total de ações emitidas e em circulação da Log-In - Dilok Klaisataporn/iStock
A MSC disse em um comunicado que a oferta seria de R$ 25 por ação de pelo menos 62% e no máximo 67% do total de ações emitidas e em circulação da Log-In Imagem: Dilok Klaisataporn/iStock

Gabriel Araújo e Ana Mano

16/09/2021 09h28

O grupo marítimo suíço MSC confirmou hoje que fez uma oferta para adquirir o controle acionário de até 67% da empresa brasileira de logística Log-In.

A MSC disse em um comunicado que a oferta seria de R$ 25 por ação de pelo menos 62% e no máximo 67% do total de ações emitidas e em circulação da Log-In, confirmando fato relevante da Log-In na noite de ontem.

A oferta representa um prêmio de 67,2% sobre o preço de fechamento das ações da Log-In ontem. E avalia a empresa em R$ 2,65 bilhões.

A MSC disse que a oferta, que está sujeita a certas condições, será lançada por meio da emissão de um edital, seguido de um leilão de ações no prazo de 30 dias a partir desse edital.

"A MSC acredita que, com esta transação, a Log-In será capaz de aprimorar ainda mais sua abordagem centrada no cliente para todos os seus clientes existentes em todos os seus serviços, incluindo cabotagem, soluções terrestres e operação de terminal de contêineres", acrescentou a empresa suíça.

A Log-In disse ontem que a MSC informou sua intenção de adquirir o controle acionário da empresa ao Cade, órgão regulador antitruste do Brasil.

"A companhia informa que analisará o conteúdo da referida carta, bem como suas obrigações em relação à oferta pretendida", afirmou a Log-In no documento enviado à CVM (Comissão de Valores Mobiliários).

De acordo com informações no site da companhia sobre a estrutura acionária, o Alaska Investimentos detém 45,52% das ações da empresa, seguida pelo Perea Capital (5,024%) e Tarpon Capital (5,128%). O restante está em tesouraria (1,155%) e no outros (43,173%).

PUBLICIDADE