PUBLICIDADE
IPCA
1,16 Set.2021
Topo

Ações europeias caem pela 3ª semana consecutiva com mineradoras liderando perdas

17/09/2021 13h58

Por Shreyashi Sanyal

(Reuters) - As ações europeias caíram nesta sexta-feira, marcando sua terceira semana consecutiva no vermelho, já que o setor de recursos básicos foi atingido por perdas na Anglo American, mas notícias de que o Reino Unido está ponderando flexibilização das restrições a viagens impulsionaram companhias aéreas e grupos de hotéis.

A Anglo American despencou 8,1% depois que o Morgan Stanley e o UBS rebaixaram a classificação de suas ações. O índice europeu de mineração também foi atingido por preocupações com a desaceleração do crescimento na China, perdendo quase 8% na semana.

O índice FTSEurofirst 300 caiu 0,93%, a 1.779 pontos, enquanto o índice pan-europeu STOXX 600 perdeu 0,88%, a 462 pontos.

A maioria dos índices regionais foi pressionada na semana por preocupações sobre a desaceleração do crescimento global e regulamentação mais rígida imposta sobre as empresas chinesas.

"Embora ainda razoavelmente comedida no momento, esta venda atual tem o potencial de ser uma das quedas mais dramáticas que vimos durante todo o ano, já que a inflação, estagflação, desaceleração e riscos do vírus se combinam para derrubar os mercados europeu e norte-americano", disse Chris Beauchamp, analista-chefe de mercado da IG.

Enquanto isso, após fechar em alta de 3,4% na quinta-feira, num dos melhores desempenhos diários deste ano, o setor europeu de viagens e lazer subiu 1,2% neste pregão. O subíndice avançou 2,7% na semana, liderando os ganhos entre os setores europeus.

Em LONDRES, o índice Financial Times recuou 0,91%, a 6.963,64 pontos.

Em FRANKFURT, o índice DAX caiu 1,03%, a 15.490,17 pontos.

Em PARIS, o índice CAC-40 perdeu 0,79%, a 6.570,19 pontos.

Em MILÃO, o índice Ftse/Mib teve desvalorização de 0,98%, a 25.709,56 pontos.

Em MADRI, o índice Ibex-35 registrou alta de 0,31%, a 8.760,90 pontos.

Em LISBOA, o índice PSI20 desvalorizou-se 0,71%, a 5.299,37 pontos.

PUBLICIDADE