PUBLICIDADE
IPCA
0,87 Ago.2021
Topo

Ibovespa cai mais de 2%, flerta com novas mínimas desde março

20/09/2021 11h34

Por Aluisio Alves

SÃO PAULO (Reuters) - Expectativa de aperto monetário no Brasil e nos Estados Unidos e de calote no mercado imobiliário chinês nesta semana empurrava o principal índice da bolsa paulista ladeira abaixo nesta segunda-feira, buscando novas mínimas em 2021.

Pressionado sobretudo por papéis de alta liquidez, como das gigantes de commodities Petrobras e Vale e de grandes bancos, o Ibovespa tinha desvalorização de 2,4% às 11:29 para 108.730,22 pontos, menor nível intradia desde o início de março. O giro financeiro da sessão era de 8,78 bilhões de reais.

Segundo profissionais do mercado, o risco da incorporadora chinesa Evergrande não pagar juros de dívida que vencem nesta semana e na próxima deve agravar a desaceleração da economia.

Isso piorava as previsões para a economia mundial, cuja recuperação dos efeitos da pandemia já sofria revezes na Europa e nos Estados Unidos com a disseminação da variante Delta, derrubando commodities como minério de ferro e petróleo.

"Além disso, as atenções estão voltadas para a reunião do Fomc na quarta-feira, que poderá trazer detalhes sobre a redução do programa de ativos", afirmou em nota a clientes a equipe de pesquisa econômica do Bradesco em alusão a encontro do comitê de política monetária do Federal Reserve, na quarta-feira.

Simultaneamente, o Banco Central brasileiro anuncia também na quarta-feira a nova taxa de juro, com o consenso do mercado de que a Selic seja elevada em 1 ponto percentual, a 6,25% ao ano, o que pode reduzir ainda mais a previsão de alta do PIB brasileiro em 2022, enquanto ainda enfrenta inflação alta.

"Esse ambiente pode pesar em setores que dependem tanto de linhas de crédito acessíveis como de mais estímulos econômicos", afirmou Pietra Guerra, especialista em ações da Clear Corretora.

DESTAQUES

- VALE caía 3,8%. Na sexta-feira, o UBS cortou a recomendação para a ação de 'compra' para 'venda', estimando que um excedente de minério de ferro de cerca de 150 milhões de toneladas deve crescer em 2022.

- PETROBRAS perdia 2,9%, na esteira da queda dos preços internacionais do barril de petróleo.

- BRADESCO recuava 2,45%, liderando as perdas entre grandes bancos brasileiros. ITAÚ UNIBANCO cedia 2,1%. BANCO INTER PN declinava 5,4%, com investidores preferindo vender ações com grande valorização nos últimos meses para embolsar ganhos.

- COPEL subia 5,4%, uma das poucas altas do índice. A companhia elétrica paranaense informou na sexta-feira que vai distribuir 1,437 bilhão de reais em remuneração a acionistas, a serem pagos em 30 de novembro.

Para ver as maiores baixas do Ibovespa, clique em

Para ver as maiores altas do Ibovespa, clique em

(Edição Alberto Alerigi Jr.)

PUBLICIDADE