PUBLICIDADE
IPCA
0,87 Ago.2021
Topo

Wall St fecha em alta, mas preocupações com inflação e debate sobre teto da dívida preocupam

29/09/2021 17h21

Por Stephen Culp

NOVA YORK (Reuters) - Wall Street fechou o pregão desta quarta-feira em território mais firme, em uma recuperação parcial da ampla liquidação do dia anterior, com comentários do chefe do banco central norte-americano, Jerome Powell, e o debate em curso sobre o teto da dívida limitando os ganhos.

Os índices S&P 500 e Dow Jones avançaram, mas o Nasdaq Composite fechou em baixa, com a interrupção da alta dos rendimentos dos títulos do Tesouro dos EUA. Setores defensivos assumiram a liderança conforme investidores buscaram estabilidade no mercado volátil.

Os três índices seguem em curso para fechar o mês em queda, com o S&P 500 interrompendo uma sequência de sete meses de ganhos.

"A mesma história que temos visto por algumas semanas", disse Oliver Pursche, vice-presidente sênior da Wealthspire Advisors, em Nova York.

"Os investidores estão preocupados com três coisas: a eventual redução das compras de títulos pelo Fed, a inflação persistente, com o chairman Powell dizendo que vai durar mais do que o inicialmente esperado, e a questão do teto da dívida que o Congresso está enfrentando."

Powell, falando em um evento do Banco Central Europeu (BCE), expressou frustração com os problemas persistentes da cadeia de suprimentos que podem manter a inflação elevada por mais tempo do que o esperado.

O mercado de ações se fortaleceu após seus comentários.

"Powell tem sido muito bom em dar oficialmente notícias que todo mundo sabe que estão chegando", disse Pursche.

A disputa sobre o financiamento do governo segue no Capitólio, com o prazo de sexta-feira para evitar uma paralisação se aproximando em meio a crescentes preocupações sobre um default de crédito dos EUA.

Os rendimentos dos títulos do governo dos EUA deram uma pausa após uma alta nos últimos dias, enquanto o debate sobre o teto da dívida se desenrolava em Washington.

O Dow Jones subiu 0,26%, para 34.390,72 pontos; o S&P 500 avançou 0,16%, a 4.359,46 pontos, e o Nasdaq Composite caiu 0,24%, para 14.512,44 pontos.

PUBLICIDADE