PUBLICIDADE
IPCA
0,87 Ago.2021
Topo

Bostic, do Fed, diz que crescimento e inflação nos EUA justificam alta do juro em 2022 e 3 em 2023

30/09/2021 13h33

WASHINGTON (Reuters) - O crescimento econômico contínuo levará os Estados Unidos ao quase pleno emprego até o fim de 2022, com os juros começando a subir no próximo ano e "sem impedimento" para um ritmo mais rápido de elevação das taxas depois disso, disse nesta quinta-feira o presidente do Federal Reserve de Atlanta, Raphael Bostic.

"Tenho a economia operando muito forte... e se aproximando do pleno emprego no fim de 2022. Não haverá impedimentos para a normalização (monetária) em 2023", disse Bostic.

A jornalistas, Bostic disse sentir que o Fed já cumpriu suas metas para reduzir as compras de títulos e que o nível atual de inflação e crescimento do emprego garantirá um primeiro aumento nos juros no próximo ano e três altas em 2023.

(Por Howard Schneider)

PUBLICIDADE