PUBLICIDADE
IPCA
1,16 Set.2021
Topo

Após subir quase 1%, dólar passa a ligeira queda com esperança de acordo de dívida nos EUA

06/10/2021 16h11

SÃO PAULO (Reuters) - O dólar abandonou os ganhos de quase 1% vistos mais cedo para operar entre ligeira queda e estabilidade na tarde desta quarta-feira, num movimento de realização de lucros que acompanhava a melhora geral dos mercados financeiros por esperanças de algum acordo de dívida que evite um calote sem precedentes dos Estados Unidos.

O dólar à vista tinha variação negativa de 0,05%, a 5,4821 reais, às 15h58. A moeda renovou há pouco a mínima da sessão ao descer para 5,4761 reais (-0,16%). Por volta de 13h40 (de Brasília), a cotação havia batido a máxima intradiária, de 5,5380 reais (+0,97%).

No mercado futuro da B3, o dólar de primeiro vencimento reduzia os ganhos para 0,10%, a 5,5070 reais, após saltar a 5,5575 reais, pico desde 22 de abril.

O principal republicano do Senado dos Estados Unidos, Mitch McConnell, disse nesta quarta-feira que seu partido apoiaria uma extensão do teto da dívida federal até dezembro, medida que impediria um calote histórico com um pesado impacto econômico.

Lá fora, os mercados também melhoraram. O índice do dólar frente a uma cesta de moedas de países ricos foi às mínimas da sessão em Nova York, enquanto um índice de moedas emergentes fez o caminho contrário. Os principais índices de Wall Street ensaiavam recuperação, com o Nasdaq em alta de 0,25% após cair 1,21% mais cedo.

(Por José de Castro)

PUBLICIDADE