PUBLICIDADE
IPCA
1,16 Set.2021
Topo

Wall Street ronda estabilidade após dados fracos de emprego nos EUA em setembro

08/10/2021 12h08

Por Devik Jain e Sruthi Shankar

(Reuters) - As ações dos Estados Unidos rondavam a estabilidade em negociações voláteis nesta sexta-feira, depois que dados mostraram que a criação de vagas no país foi bem mais fraca do que o esperado em setembro, mas não o suficiente para tirar o Federal Reserve do seu plano de reduzir as compras de ativos neste ano.

Oito dos 11 principais setores do S&P registravam alta no início do pregão. O índice de energia era o que mais ganhava, com alta de 2%, enquanto as ações da Amazon, Microsoft e Bank of America davam o maior impulso ao S&P 500.

O Departamento do Trabalho informou em seu relatório de empregos nesta sexta-feira que foram criados 194 mil postos de trabalho fora do setor agrícola no mês passado, bem menos que a previsão em pesquisa da Reuters de abertura de 500 mil vagas. A taxa de desemprego recuou para 4,8%, ante 5,2% em agosto, enquanto os ganhos salariais médios por hora subiram 0,6%, taxa maior do que a expectativa.

"Esse número fraco não pressiona o Fed a ter que reduzir (o estímulo) mais cedo. Pode ser agora em dezembro em vez de novembro, mas isso provavelmente não fará muita diferença e o 'tapering' ainda deve ocorrer no final deste ano", disse Ryan Detrick, estrategista-chefe de mercado da LPL Financial.

Os números vêm após dados de empregos no setor privado e relatório semanal de pedidos de auxílio-desemprego dos EUA melhores do que o esperado.

Às 12h03 (horário de Brasília), o índice Dow Jones tinha variação positiva de 0,04%, a 34.768,32 pontos. O S&P 500 subia 0,05%, a 4.402,16 pontos, enquanto o Nasdaq recuava 0,17%, a 14.629,79 pontos.

(Por Devik Jain em Bengaluru; reportagem adicional de Bansari Mayur Kamdar e Anisha Sircar)

PUBLICIDADE