PUBLICIDADE
IPCA
1,16 Set.2021
Topo

Foco na inflação na meta em 2022 é deliberado, diz diretor do Banco Central

O diretor de Política Econômica do Banco Central, Fábio Kanczuk, em sabatina no Senado - Geraldo Magela/Agência Senado
O diretor de Política Econômica do Banco Central, Fábio Kanczuk, em sabatina no Senado Imagem: Geraldo Magela/Agência Senado

Marcela Ayres

Da Reuters

13/10/2021 09h52Atualizada em 13/10/2021 17h33

O diretor de Política Econômica do Banco Central, Fabio Kanczuk, indicou hoje que o foco na convergência da inflação para a meta em 2022 aparece mais na comunicação da autoridade monetária porque a intenção é ressaltar que o BC está muito centrado na missão.

"Não é um erro que cometemos, foi deliberado", disse ele, em evento virtual do HSBC. "Indicamos que queremos olhar para 2022 como foco", acrescentou.

Kanczuk disse que não ficaria feliz com inflação de 3,7% no ano que vem — projeção atual do BC —, frisando que quer inflação na meta de 3,5% e que todos na autarquia estão pensando nesses termos.

Segundo o diretor, as maiores surpresas na inflação não foram relacionadas ao estímulo com as transferências de renda via auxílio emergencial, mas inflação importada e problema de combustíveis.

PUBLICIDADE