PUBLICIDADE
IPCA
1,25 Out.2021
Topo

Superpetroleiro iraniano é carregado com petróleo da Venezuela

16/10/2021 16h04

Por Marianna Parraga e Deisy Buitrago

HOUSTON/CARACAS (Reuters) - Um super navio-tanque de bandeira do Irã estava prestes a zarpar de águas venezuelanas neste sábado carregado com 2 milhões de barris de petróleo pesado fornecidos pela estatal venezuelana PDVSA, segundo documento obtido pela Reuters e serviços de rastreamento de embarcações.

O comércio bilateral de petróleo pode constituir uma violação de sanções impostas pelos Estados Unidos contra ambos os países, disse no mês passado à Reuters o Departamento do Tesouro dos EUA.

O carregamento faz parte de um acordo entre PDVSA e sua contraparte iraniana, National Iranian Oil Company (NIOC), que contempla o intercâmbio de condensado iraniano por óleo pesado Merey da Venezuela.

O superpetroleiro Dino I, de propriedade e operado pela Companhia Nacional Iraniana de Petroleiros (NITC), uma unidade da NIOC, terminou de carregar o petróleo venezuelano no porto de José na tarde de sexta-feira, segundo o documento, uma fonte e o serviço de monitoramento TankerTrackers.com.

O navio chegou à Venezuela em setembro com seu transmissor desligado, transportando 2,1 milhões de barris de condensado iraniano. O petróleo super leve foi utilizado pelas empresas Sinovensa, Petropiar e Petrecedeño.

Espera-se que a Venezuela receba nas próximas semanas uma segunda carga similar em volume como parte do acordo de troca, que ficará vigente por seis meses na primeira fase.

O ministério venezuelano do petróleo, PDVSA e NIOC não comentaram o assunto.

A troca permite à Venezuela oferta estável de material necessário para converter seu petróleo extra pesado em variedades exportáveis. O acordo também entrega petróleo pesado ao Irã para mistura, refino ou comercialização na Ásia.

PUBLICIDADE