PUBLICIDADE
IPCA
1,25 Out.2021
Topo

Especulador faz maior compra líquida de reais desde junho, mas mantém posição vendida na moeda--CFTC

18/10/2021 14h27

Por José de Castro

SÃO PAULO (Reuters) - Especuladores que operam na Bolsa Mercantil de Chicago efetuaram na semana finda em 12 de outubro a maior compra líquida de contratos de real desde o fim de junho, depois de venderem a moeda brasileira na maior velocidade em mais de dois anos.

Os dados foram divulgados na noite de sexta-feira pela CFTC, agência que regula mercados de futuros e opções nos Estados Unidos.

O dia 12 de outubro corresponde à terça-feira da semana passada --feriado no Brasil e antes de o Banco Central iniciar uma série de intervenções mais expressivas no mercado de câmbio que resultaram na injeção de bilhões de dólares em liquidez e tiraram o dólar de alta no acumulado da semana para queda de cerca de 1%.

As apostas líquidas na depreciação da taxa de câmbio foram reduzidas para 373 contratos, de 2.290 na semana encerrada no último dia 5 --quando a venda líquida de derivativos do real foi a mais forte desde a semana finda em 10 de setembro de 2019.

A compra líquida entre uma semana e outra, de 1.917 contratos, é a maior em números absolutos desde a semana finda em 29 de junho (2.221 contratos).

Apesar da recomposição do portfólio, a posição agregada dos especuladores ainda é vendida em real --ou seja, ganha com a desvalorização da divisa brasileira.

PUBLICIDADE