PUBLICIDADE
IPCA
1,25 Out.2021
Topo

Wall Street fecha em alta com balanços acalmando temores dos investidores

20/10/2021 17h34

Por Devik Jain e Shreyashi Sanyal e Sinéad Carew

(Reuters) - O S&P 500 e o Dow fecharam em alta nesta quarta-feira, com o Dow atingindo uma máxima recorde intradiária sob o impacto de balanços empresariais do terceiro trimestre melhores do que o esperado.

Enquanto o Nasdaq teve um desempenho pior conforme as ações de tecnologia fizeram uma pausa, o Dow Jones superou seu recorde anterior alcançado em meados de agosto durante a sessão, enquanto o índice S&P 500 ficou a 5 pontos de sua máxima do início de setembro durante a sessão.

O índice de saúde do S&P subiu pelo segundo dia consecutivo com a ajuda da Anthem e da Abbott, que ganharam terreno após divulgarem previsões financeiras impressionantes.

O S&P chegou a ficar quase 6% abaixo de seu pico recorde em 4 de outubro, com preocupações dos investidores sobre problemas na cadeia de oferta, pressões nas margens de lucro, salários mais altos e custos crescentes de insumos antes da temporada de balanços corporativos, que começou na semana passada.

E, embora as empresas norte-americanas tenham citado problemas na cadeia de oferta e custos mais elevados, os investidores têm se mostrado aliviados, por enquanto, com a percepção de que elas são capazes de manter as margens de lucro ao repassar os preços mais altos para os clientes, de acordo com Jack Janasiewicz, estrategista gerente de portfólio da Natixis Investment Managers Solutions.

"Os balanços são o que importa e, até agora, o que vimos tem sido realmente melhor do que o esperado. As margens estão realmente se segurando", disse Janasiewicz.

Com a divulgação dos relatórios do terceiro trimestre de apenas cerca de 14% das empresas listadas no S&P 500 até o momento, analistas esperam que seus lucros subam 33% em relação ao mesmo trimestre do ano anterior.

Mais de 85% dos resultados corporativos superaram as expectativas, de acordo com os dados mais recentes da Refinitiv.

O Dow Jones subiu 0,43%, para 35.609,34 pontos; o S&P 500 avançou 0,37%, a 4.536,19 pontos, e o Nasdaq Composite teve variação negativa de 0,05%, para 15.121,68 pontos.

PUBLICIDADE