PUBLICIDADE
IPCA
1,25 Out.2021
Topo

Ações asiáticas têm modestos ganhos em meio a preocupações com China

Anushka Trivedi

25/10/2021 08h19

As ações asiáticas ficaram praticamente estáveis ou ligeiramente mais altas hoje, com um novo surto de covid-19 na China elevando preocupações sobre a desaceleração do crescimento na segunda maior economia do mundo, enquanto a moeda tailandesa avançou na expectativa de revitalização do setor de turismo do país.

A China, já lutando contra crises de energia e em seu setor imobiliário, alertou no domingo que seu último surto de Covid-19 —em 11 províncias — provavelmente se espalhará ainda mais, com autoridades desencorajando viagens na tentativa de contê-lo.

Observadores do mercado temem que novas restrições sejam impostas no país, o que pode reduzir o crescimento econômico e o comércio com seus parceiros asiáticos. O iuan abriu em queda de 0,1% com as notícias, mas depois recuperou as perdas.

Pode haver "medidas agressivas para controlar a propagação do vírus", disse Yeap Jun Rong, estrategista de mercado da plataforma de comércio varejista IG, "o que pode limitar o crescimento, potencialmente colocando o apetite por risco na região em espera nos próximos dias."

Na Tailândia, a moeda (o baht) chegou a subir 0,8%, para o maior nível desde 16 de setembro, depois que a economia, dependente do comércio e do turismo, anunciou regras para reabertura para visitantes de 45 países, conforme o país sai de uma quarentena.

. Em TÓQUIO, o índice Nikkei caiu 0,71%, a 28.600,41 pontos.

. Em HONG KONG, o índice HANG SENG subiu 0,02%, a 26.132,03 pontos.

. Em XANGAI, o índice SSEC ganhou 0,76%, a 3.609,86 pontos.

. O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em XANGAI e SHENZHEN, avançou 0,40%, a 4.979,52 pontos.

. Em SEUL, o índice KOSPI teve valorização de 0,48%, a 3.020,54 pontos.

. Em TAIWAN, o índice TAIEX registrou alta de 0,03%, a 16.894,24 pontos.

. Em SINGAPURA, o índice STRAITS TIMES desvalorizou-se 0,10%, a 3.201,86 pontos.

. Em SYDNEY o índice S&P/ASX 200 avançou 0,34%, a 7.441,00 pontos.

PUBLICIDADE