PUBLICIDADE
IPCA
1,25 Out.2021
Topo

Ações fecham estáveis nesta 6ª, mas avançam 4,6% em outubro com fortes balanços corporativos

29/10/2021 14h17

Por Anisha Sircar e Ambar Warrick

(Reuters) - As ações europeias terminaram estáveis ​​nesta sexta-feira, com um salto em papéis do setor financeiro --impulsionado pelo aumento dos rendimentos dos títulos-- compensando a fraqueza em segmentos fortes em pagamentos de dividendos e em empresas de commodities que sofreram o impacto de uma queda nos preços do petróleo e dos metais.

O índice pan-europeu STOXX 600 fechou o pregão em alta de 0,1%. Em outubro, porém, acumulou ganho de 4,6%, melhor desempenho em sete meses e recuperando todas as perdas de setembro, com fortes balanços do terceiro trimestre atraindo investidores.

As ações de seguros tiveram a melhor performance no dia, com alta de 0,8%. A resseguradora Swiss RE liderou o avanço no setor, com acréscimo de 3,4%.

Papéis de bancos e de outras empresas financeiras também foram impulsionados pelo aumento dos rendimentos dos títulos dos governos do sul da Europa, com apostas de que o Banco Central Europeu (BCE) irá apertar a política monetária até meados de 2022.

Embora o BCE tenha mantido o status quo na quinta-feira, investidores esperam que o aumento da inflação o leve a mudar de tom já em dezembro.

Os setores de serviços públicos e imobiliário --conhecidos no mercado como bons pagadores de dividendos-- tiveram os piores desempenhos do dia, pois o aumento dos rendimentos fez com que seus lucros futuros parecessem menos atraentes.

Em LONDRES, o índice Financial Times recuou 0,16%, a 7.237,57 pontos.

Em FRANKFURT, o índice DAX caiu 0,05%, a 15.688,77 pontos.

Em PARIS, o índice CAC-40 ganhou 0,38%, a 6.830,34 pontos.

Em MILÃO, o índice Ftse/Mib teve desvalorização de 0,05%, a 26.875,96 pontos.

Em MADRI, o índice Ibex-35 registrou alta de 0,35%, a 9.057,70 pontos.

Em LISBOA, o índice PSI20 desvalorizou-se 0,27%, a 5.732,03 pontos.

PUBLICIDADE