PUBLICIDADE
IPCA
1,25 Out.2021
Topo

Preços do petróleo sobem com previsão de maior demanda e oferta apertada

09/11/2021 18h58

Por Scott DiSavino

NOVA YORK (Reuters) - Os preços do petróleo subiram para o nível mais alto em duas semanas nesta terça-feira, depois que os Estados Unidos suspenderam as restrições de viagens e outros sinais de uma recuperação pós-pandemia global impulsionaram as perspectivas de demanda, enquanto a oferta permanecia apertada.

Os preços subiram depois que a Administração de Informação de Energia dos EUA (EIA, na sigla em inglês), em sua Perspectiva de Energia de Curto Prazo (STEO), projetou na terça-feira que os preços da gasolina no varejo cairiam nos próximos meses.

O governo dos Estados Unidos, disse que usaria as previsões de preços do relatório STEO para determinar se liberaria petróleo da Reserva Estratégica de Petróleo (SPR) do país.

Os contratos futuros do Brent avançaram 1,35 dólar, ou 1,6%, para fechar em 84,78 dólares o barril, enquanto o petróleo dos EUA (WTI) subiu 2,22 dólares, ou 2,7%, para fechar em 84,15 dólares.

Essas foram as máximas de fechamentos em ambos os preços de referência desde 26 de outubro.

O preço do Brent subiu mais de 60% este ano e atingiu o nível mais alto em três anos, de 86,70 dólares, em 25 de outubro, apoiado pela recuperação da demanda e restrição de oferta pela Organização dos Países Exportadores de Petróleo e aliados, conhecida como Opep+.

(Reportagem adicional de Alex Lawler em Londres e Aaron Sheldrick em Tóquio)

PUBLICIDADE