PUBLICIDADE
IPCA
1,25 Out.2021
Topo

Estoques empresariais nos EUA aumentam de forma sólida em setembro

16/11/2021 12h27

WASHINGTON (Reuters) - Os estoques empresariais nos Estados Unidos aumentaram com força em setembro, mas as montadoras continuaram com dificuldades para reabastecer em meio a uma contínua escassez global de semicondutores, o que reduziu a produção.

Os estoques das empresas subiram 0,7% em setembro, após alta de 0,8% em agosto, informou o Departamento do Comércio dos EUA nesta terça-feira. Os estoques são um componente importante do Produto Interno Bruto (PIB) do país. O avanço em setembro ficou em linha com as expectativas de economistas.

Os estoques aumentaram 7,5% em setembro em relação ao mesmo período no ano anterior. No varejo, os estoques recuaram 0,2% em setembro, conforme estimado em relatório preliminar divulgado no mês passado, após alta de 0,2% em agosto. Os estoques de veículos caíram 2,9%, em vez da queda de 2,4% prevista no mês passado.

Os estoques no varejo excluindo automóveis --que entram no cálculo do PIB-- aumentaram 0,7%, em vez da taxa de 0,6% estimada no mês anterior.

O ritmo mais lento de redução dos estoques no terceiro trimestre foi responsável por todo o aumento anualizado de 2,0% do PIB no mesmo período. A escassez relacionada à pandemia de Covid-19, por sua vez, está dificultando a reposição pelas empresas dos estoques esgotados.

A expectativa é de que a reposição de estoque sustente o crescimento manufatureiro e econômico no quarto trimestre. Os estoques no atacado aumentaram 1,4% em setembro, enquanto nas fabricantes subiram 0,8%.

As vendas empresariais subiram 0,9% em setembro, após acréscimo de 0,1% em agosto. No ritmo de vendas de setembro, levaria 1,26 mês para as empresas esvaziarem as prateleiras, leitura inalterada em relação a agosto.

(Por Lucia Mutikani)

PUBLICIDADE