PUBLICIDADE
IPCA
1,25 Out.2021
Topo

BC britânico deve ficar atento aos custos trabalhistas, diz Haskel

23/11/2021 10h15

Por David Milliken

LONDRES (Reuters) - O banco central britânico precisa estar atento ao aumento dos custos trabalhistas, uma vez que um mercado de trabalho apertado significa que os salários podem subir mais rápido do que a produtividade e colocar uma pressão altista sobre a inflação, disse o membro do banco Jonathan Haskel nesta terça-feira.

O presidente do Banco da Inglaterra, Andrew Bailey, disse que os juros devem subir e investidores veem 90% de chance de alta em dezembro.

Em um discurso para alunos da Adam Smith Business School da Universidade de Glasgow, Haskel disse que muito do recente aumento da inflação se deve a fatores globais, como produtos importados e preços de energia, que devem ser retirados das leituras.

Ele disse estar no "time transitório" em relação à persistência da inflação. No entanto, há o risco de o crescimento dos salários exceder o crescimento da produtividade, que tem sido fraca no Reino Unido há mais de uma década.

"Os dados mais recentes continuam indicando um mercado de trabalho apertado, pressionando os salários para cima. Do ponto de vista dos padrões de vida, é claro que são excelentes notícias, mas do ponto de vista da inflação isso tem que ser acompanhado pelo aumento da produtividade, e então temos que estar atentos", disse ele.

(Por David Milliken)

PUBLICIDADE