PUBLICIDADE
IPCA
0,73 Dez.2021
Topo

Atividade de negócios na zona do euro esfria em dezembro com Ômicron

16/12/2021 08h51

Por Jonathan Cable

LONDRES (Reuters) - O crescimento da atividade de negócios na zona do euro desacelerou mais do que o esperado neste mês, já que novas restrições impostas para conter a variante Ômicron do coronavírus afetaram a recuperação no dominante setor de serviços no bloco, mostrou uma pesquisa nesta quinta-feira.

A leitura preliminar para dezembro do índice de gerentes de compras (PMI, na sigla em inglês) composto da IHS Markit, um bom indicador da saúde econômica geral, caiu para 53,4 em dezembro, de 55,4 em novembro, nível mais baixo desde março e aquém da marca de 54,0 prevista em pesquisa da Reuters.

O número agregado foi pressionado pelo PMI de serviços, que caiu para uma mínima em oito meses de 53,3, ante 55,9 em novembro. Embora tenha permanecido acima da marca de 50 --que separa o crescimento da contração--, o índice ficou abaixo da leitura de 54,1 estimada em sondagem da Reuters.

"A economia da zona do euro está sofrendo mais um golpe da Covid-19, com o aumento dos níveis de infecção atrapalhando o crescimento no setor de serviços em particular, resultando em um decepcionante final de 2021", disse Chris Williamson, economista-chefe de negócios da IHS Markit.

As fábricas, geralmente menos afetadas pelas restrições ao coronavírus, também sofreram em alguma medida, e o PMI de manufatura caiu para uma mínima em dez meses de 58,0, em relação aos 58,4 de novembro.

PUBLICIDADE