PUBLICIDADE
IPCA
0,73 Dez.2021
Topo

Delta Air Lines espera lucro em 2022 e vê impacto limitado da Ômicron

16/12/2021 12h12

Por Aishwarya Nair

(Reuters) - A Delta Air Lines disse nesta quinta-feira que espera registrar um lucro anual em 2022, já que as reservas domésticas para os feriados de final de ano ajudaram a impulsionar seus ganhos no quarto trimestre, apesar dos temores em torno da variante Ômicron do coronavírus.

A companhia aérea dos Estados Unidos, no entanto, disse que a nova cepa desacelerou as reservas internacionais, à medida que muitos países impuseram novas restrições a viagens desde que a variante foi relatada pela primeira vez.

"A Ômicron não vai impactar nossas reservas de férias", disse o diretor executivo da companhia aérea, Ed Bastian, em entrevista à CNBC. Ele acrescentou, entretanto, que a variante terá algum impacto no primeiro trimestre.

As viagens internacionais, normalmente mais lucrativas para as companhias aéreas, são cruciais para o setor, que busca retornar aos lucros e livrar-se das perdas relacionadas à pandemia. As rotas transatlânticas responderam por até 17% das receitas com passageiros em 2019 para as principais companhias aéreas dos EUA. A própria Delta relatou um aumento de 450% nas reservas internacionais em novembro.

As ações da aérea subiram 2,40% no pré-mercado, já que a empresa também disse que espera gerar um lucro ajustado antes de impostos de 200 milhões de dólares no quarto trimestre.

A companhia sinalizou em outubro que teria um prejuízo antes de impostos no período, devido ao aumento dos custos de combustível. A Delta espera agora custos de combustível por galão entre 2,20 dólares e 2,30 dólares, abaixo da faixa de 2,25 dólares a 2,40 dólares da estimativa anterior.

((Reportagem de Aishwarya Nair em Bengaluru; edição de Vinay Dwivedi e Saumyadeb Chakrabarty)

PUBLICIDADE