PUBLICIDADE
IPCA
0,73 Dez.2021
Topo

Wall St sobe com Fed se preparando para lutar contra inflação

16/12/2021 09h51

Por Shreyashi Sanyal

(Reuters) - Os principais índices de Wall Street subiam nesta quinta-feira, depois de o banco central norte-americano anunciar uma redução mais rápida do estímulo adotado durante a pandemia, acalmando os nervos em torno do aumento das pressões sobre os preços.

O banco central dos Estados Unidos disse na quarta-feira que encerrará suas compras de títulos em março e sinalizou três aumentos de 0,25 ponto percentual nos juros até o final de 2022.

O chair do Fed, Jerome Powell, disse que a economia norte-americana não precisa mais de montantes crescentes de apoio, já que a inflação anual está em um patamar maior que o dobro da meta do banco central nos últimos meses, enquanto a economia se aproxima do pleno emprego.

"Será que o 'rali do Papai Noel' finalmente chegou? Os mercados certamente parecem estar impulsionados... a perspectiva de três aumentos nos juros em 2022 sugere que o banco central tem um plano claro para não deixar a inflação sair do controle", escreveu Russ Mold, diretor de investimentos da AJ Bell, em nota a clientes.

Nove dos 11 principais setores do índice S&P 500 subiam, com financeiro, de energia e materiais liderando os ganhos, enquanto os setores defensivos de consumo discricionário e serviços públicos caíam.

Ações de grandes empresas de tecnologia seguiam direções mistas, enquanto o índice bancário do S&P 500 valorizava-se 0,8%.

Às 12:51 (horário de Brasília), o índice Dow Jones subia 0,69%, a 36.175 pontos, enquanto o S&P 500 ganhava 0,23%, a 4.720 pontos. O índice de tecnologia Nasdaq recuava 0,47%, a 15.492 pontos.

O índice de volatilidade CBOE, popularmente conhecido como o medidor do medo de Wall Street, atingiu uma mínima em três semanas.

(Por Shreyashi Sanyal em Bengaluru)

PUBLICIDADE