PUBLICIDADE
IPCA
0,73 Dez.2021
Topo

Preços do petróleo avançam cerca de 2% com forte demanda dos EUA e previsão otimista do Fed

16/12/2021 18h51

Por Stephanie Kelly

NOVA YORK (Reuters) - Os preços do petróleo subiram cerca de 2% nesta quinta-feira, uma vez que a demanda implícita recorde dos Estados Unidos, a queda dos estoques da commodity e uma perspectiva econômica positiva do Federal Reserve (Fed) superaram os receios de que a variante do coronavírus Ômicron prejudique o consumo global.

O petróleo e outros ativos de risco, como ações, também receberam um impulso depois que o Fed deu uma perspectiva econômica favorável, levantando o ânimo dos investidores, mesmo quando o banco central dos EUA sinalizou um fim muito esperado para o estímulo monetário.

"O mercado estava com medo do que o Fed faria, e agora que está no retrovisor e sabemos com o que estamos lidando, o mercado está se recuperando", disse Phil Flynn, analista sênior de preços futuros em Chicago.

O petróleo Brent subiu 1,14 dólar, ou 1,5%, para fechar em 75,02 dólares o barril. O petróleo dos EUA (WTI) avançou 1,51 dólar, ou 2,1%, e terminou em 72,38 dólares o barril, um ganho de 2,13%.

A demanda aumentou em 2021, após o colapso do ano passado com a pandemia. Na quarta-feira, a Administração de Informação de Energia dos Estados Unidos (AIE) disse que o produto fornecido pelas refinarias, um indicador da demanda, aumentou na última semana para 23,2 milhões de barris por dia (bpd).

"Esses números sugerem um cenário econômico saudável", disse Tamas Varga, da corretora de petróleo PVM.

(Reportagem adicional de Alex Lawler e Jessica Jaganathan)

PUBLICIDADE