PUBLICIDADE
IPCA
0,73 Dez.2021
Topo

Ações chinesas têm maior queda semanal em 3 meses por temores regulatórios

17/12/2021 08h58

XANGAI (Reuters) - Um índice das principais ações da China caiu nesta sexta-feira, registrando sua maior perda semanal em três meses, com investidores locais e estrangeiros preocupados com restrições regulatórias dos EUA e da China e com um ressurgimento global dos casos de Covid-19.

O índice de blue-chips CSI300 caiu 1,59%. O índice perdeu 1,99% na semana, sua maior queda semanal desde meados de setembro.

Somando-se às tensões entre Estados Unidos e China, Washington colocou na quinta-feira restrições ao investimento e à exportação de dezenas de empresas do país asiático, incluindo a fabricante de drones DJI, acusando-as de cumplicidade na opressão da minoria uigur da China ou de ajudar os militares.

Washington ainda não decidiu se bloqueará mais vendas de tecnologia dos EUA para a fabricante de chips chinesa SMIC, disseram fontes à Reuters. As ações da SMIC subiram 1,41% em Hong Kong na tarde de sexta-feira (horário local), mas caem quase 13% neste mês.

Na região, o índice MSCI de ações da Ásia fora Japão perdeu 0,67%, enquanto o índice Nikkei fechou em queda de 1,79%.

. Em TÓQUIO, o índice Nikkei caiu 1,79%, aos 28.545,68 pontos.

. Em HONG KONG, o índice HANG SENG caiu 1,20%, a 23.192,63 pontos.

. Em XANGAI, o índice SSEC perdeu 1,16%, a 3.632,36 pontos.

. O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em XANGAI e SHENZHEN, retrocedeu 1,59%, a 4.954,76 pontos.

. Em SEUL, o índice KOSPI teve valorização de 0,38%, a 3.017,73 pontos.

. Em TAIWAN, o índice TAIEX registrou alta de 0,15%, a 17.812,59 pontos.

. Em CINGAPURA, o índice STRAITS TIMES desvalorizou-se 0,55%, a 3.111,63 pontos.

. Em SYDNEY o índice S&P/ASX 200 avançou 0,11%, a 7.304,00 pontos.

PUBLICIDADE