PUBLICIDADE
IPCA
0,73 Dez.2021
Topo

Presidente da CMO diz que fundo eleitoral ficará em R$4,7 bilhões

21/12/2021 13h14

Por Ricardo Brito

BRASÍLIA (Reuters) - A presidente da Comissão Mista de Orçamento (CMO), senadora Rose de Freitas (MDB-ES), afirmou nesta terça-feira que o fundo eleitoral para 2022 vai ficar em 4,7 bilhões de reais --1 bilhão de reais a menos do previsto anteriormente--, embora ela tenha destacado que gostaria de um valor ainda menor.

"Ficou até agora em 4,7 bilhões de reais o fundo eleitoral", disse ela, em entrevista à CNN Brasil. "Queria que fosse menos", reforçou.

Segundo a senadora, esse valor que foi reduzido do chamado fundão será remanejado para a educação.

A expectativa é que a CMO realize uma reunião nesta tarde para votar o relatório final do Orçamento de 2022, do deputado Hugo Leal (PSD-RJ). Uma sessão da comissão havia sido marcada para as 10h desta terça, mas foi suspensa para se buscar acordo em relação a impasses.

Inicialmente, o colegiado iria votar o parecer na segunda-feira, mas os parlamentares pediram mais tempo para analisar as mudanças feitas pelo relator.

À CNN Brasil, Rose de Freitas disse que ainda não se chegou a um entendimento em relação ao aumento do salário dos policiais da esfera federal. O presidente Jair Bolsonaro quer contemplar a Polícia Federal e a Polícia Rodoviária Federal com reajustes, mas ainda não há um consenso sobre isso.

Para a presidente da CMO, o governo deveria ter tratado de um reajuste de todas as categorias do funcionalismo público, que estão há anos sem aumento, e não excepcionalizar apenas para os policiais.

O Orçamento de 2022 ainda tem de ser votado na CMO e posteriormente em plenário do Congresso Nacional.

PUBLICIDADE