PUBLICIDADE
IPCA
0,73 Dez.2021
Topo

Biden considera Raskin para principal cargo de regulamentação bancária do Fed, diz WSJ

28/12/2021 16h07

(Reuters) - O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, está considerando a ex-diretora do Federal Reserve (Fed) Sarah Bloom Raskin para liderar a regulamentação e supervisão do banco central como parte de uma lista de três nomeados para seu Conselho de Diretores, informou o Wall Street Journal nesta terça-feira.

Raskin, que também atuou no Departamento do Tesouro no governo Obama, poderia trazer um perfil regulatório mais rígido para a função de supervisão bancária mais poderosa do país, uma posição que foi recentemente desocupada por Randal Quarles, nomeado de Donald Trump que irritou progressistas com uma abordagem mais amigável com Wall Street.

Biden também considera dois economistas negros --Lisa Cook, da Michigan State University, e Philip Jefferson, da Davidson College, na Carolina do Norte-- para posições no Conselho do Fed.

As nomeações ajudariam a cumprir a meta de diversificar a liderança do banco central dos EUA. Todos os diretores atuais, incluindo o chair Jerome Powell, são brancos, e o Fed teve apenas três diretores negros em mais de um século de existência.

A Reuters não foi capaz de confirmar imediatamente a notícia do Wall Street Journal, e a Casa Branca não respondeu imediatamente a um pedido de comentário. Raskin, Cook e Jefferson não puderam ser contatados para comentar o assunto.

A função de vice-chair de supervisão é a mais importante das vagas no Conselho de sete membros do Fed disponíveis para serem preenchidas por Biden, o que dá ao democrata em seu primeiro mandato a oportunidade de deixar uma marca duradoura na supervisão de Wall Street e na política monetária dos EUA.

A indústria, parlamentares progressistas e grupos militantes têm esperado ansiosamente que a Casa Branca nomeie o novo chefe de supervisão que ditará a conduta do Fed em relação a questões espinhosas, como riscos financeiros da mudança climática, regras de empréstimos comunitários e empresas de tecnologia financeira.

Biden já decidiu renomear Powell para um segundo mandato como chair do Fed, uma decisão que irritou democratas progressistas. Ele também indicou a diretora Lael Brainard para o outro cargo de vice-chair do Fed, que se concentra na agenda de política econômica e monetária do banco central.

(Por Manya Saini e Niket Nishant)

PUBLICIDADE