PUBLICIDADE
IPCA
0,73 Dez.2021
Topo

Petrobras anuncia comercialidade de áreas em Sergipe-Alagoas; prevê produção em 2026

30/12/2021 19h59

SÃO PAULO (Reuters) - A Petrobras anunciou nesta quinta-feira que informou à reguladora ANP a declaração de comercialidade de áreas na Bacia Sergipe-Alagoas, e que projeta produção de uma unidade em 2026, segundo fato relevante.

A empresa afirmou que pretende desenvolver a produção de petróleo e gás na área em dois módulos, denominados de Sergipe Águas Profundas (SEAP) I e II, que preveem a instalação de duas plataformas do tipo FPSO.

Adicionalmente, a empresa destacou ainda que os módulos SEAP I e II incluem a implantação de um novo sistema de escoamento de gás ligando os dois módulos de produção à costa sergipana, com capacidade de 18 milhões de m³ por dia. O projeto está em fase de planejamento e com início de operação previsto para após 2026.

A primeira plataforma, prevista para atender o módulo SEAP I, será a P-81, com início de produção previsto para 2026, com capacidade de produzir 120 mil barris de óleo/condensado e escoar 8 milhões de m³ de gás por dia.

A segunda plataforma, prevista para atender o módulo SEAP II, está em fase de planejamento de contratação e tem seu início de produção previsto para após o horizonte do Plano Estratégico 2022-2026.

A Petrobras é operadora das concessões BM-SEAL-4A e BM-SEAL-10 com 100% de participação; na concessão BM-SEAL-11 com 60%, em parceria com a IBV Brasil Petróleo (40%); e na concessão BM-SEAL-4 com 75%, em parceria com a ONGC Campos (25%).

(Redação São Paulo)

PUBLICIDADE