PUBLICIDADE
IPCA
0,73 Dez.2021
Topo

Ações da Iveco despencam em estreia na Itália

03/01/2022 10h35

Por Giulio Piovaccari e Valentina Za

MILÃO (Reuters) - As ações da Iveco despencaram em sua estreia no mercado italiano nesta segunda-feira, em que o presidente-executivo, Gerrit Marx, disse que a fabricante de caminhões é oferece uma aposta em uma empresa pequena, mas dinâmica, com comprovada capacidade de recuperação.

Depois de abrir a 11,26 euros cada, dando à Iveco um valor de mercado de 3,05 bilhões de euros (3,5 bilhões de dólares), as ações despencaram 9,9% para 10,14 euros na bolsa de Milão no final da manhã.

Enquanto isso, as ações da CNH, que agora está focada em máquinas agrícolas e de construção, ficaram estáveis ​​em 15,04 euros cada, depois de subirem 65% no ano passado.

O baixo volume de negócios por conta da virada do ano, agravado pelo mercado de Londres fechado, significa que alguns dias ainda são necessários para avaliar melhor a reação à separação da Iveco da CNH, disseram analistas.

Falando antes da listagem das ações, Marx disse que a Iveco está ganhando participação no mercado de caminhões leves e ônibus e conseguiu colocar o negócio de caminhões pesados ​​em "muito boa forma".

PARCERIAS

Questionado sobre a estratégia de parcerias da Iveco, Marx disse que as discussões agora serão retomadas após um período de silêncio antes da listagem, mas que "não há nada de imediato" no horizonte.

A Iveco, que possui uma joint venture com o grupo norte-americano Nikola para produzir caminhões pesados ​​elétricos a bateria e a hidrogênio, está em busca de parcerias em tecnologia, incluindo fintechs, fornecimento de componentes e projetos de desenvolvimento. “Faremos parceria, não venderemos”, disse Marx.

A Exor, que agora detém 27% das ações ordinárias da Iveco e 42,5% dos direitos de voto, reafirmou seu compromisso "com o desenvolvimento de longo prazo" da Iveco e da CNH.

PUBLICIDADE