PUBLICIDADE
IPCA
0,73 Dez.2021
Topo

Ações de bancos empurram Dow Jones a recorde; tecnologia pressiona S&P 500 e Nasdaq

04/01/2022 15h37

(Reuters) - O índice Dow Jones atingiu uma máxima recorde nesta terça-feira, impulsionado por ações bancárias e industriais, conforme preocupações com a variante Ômicron da Covid-19 diminuíam, enquanto uma queda em papéis de tecnologia com grande peso no mercado arrastava o S&P 500 e o Nasdaq para baixo.

O S&P 500 também havia alcançado uma máxima recorde intradiária antes de cair, depois de a Organização Mundial da Saúde (OMS) dizer que mais evidências têm surgido de que a cepa mais recente do coronavírus causou sintomas mais leves do que as anteriores.

Dos 11 principais setores do S&P, sete avançavam. Ações de energia e financeiras --sensíveis aos ciclos econômicos-- lideravam o grupo com altas de 3,5% e 2,7%, respectivamente. O setor de tecnologia tinha desempenho inferior, com queda de 1,6%.

"Nós sabemos que a sazonalidade dos primeiros dias de um novo ano traz dinheiro novo. Você tem alguns passos cambaleantes aqui e algumas decisões a serem tomadas no ajuste das carteiras", disse Art Hogan, estrategista-chefe de mercado da National Securities em Nova York.

Às 15:31 (de Brasília), o índice S&P 500 perdia 0,23%, a 4.785,42 pontos, enquanto o Dow Jones subia 0,46%, a 36.754,81 pontos.

O índice de tecnologia Nasdaq Composite recuava 1,85%, a 15.540,00 pontos, arrastado por quedas nas ações de Amazon.com, Microsoft Corp, Nvidia Corp e Tesla Inc.

(Por Shreyashi Sanyal e Devik Jain)

PUBLICIDADE