PUBLICIDADE
IPCA
0,73 Dez.2021
Topo

Atividade manufatureira dos EUA tem moderação em dezembro, diz ISM

04/01/2022 12h22

WASHINGTON (Reuters) - A manufatura dos Estados Unidos desacelerou em dezembro, em meio à redução da demanda por bens, mas as restrições de oferta estão começando a diminuir e uma medida de preços pagos por insumos teve a maior queda desde o início de 2020, quando a pandemia afetou a atividade econômica.

O Instituto de Gestão de Fornecimento (ISM, na sigla em inglês) informou nesta terça-feira que seu índice nacional de atividade fabril caiu para uma leitura de 58,7 no mês passado. Foi o resultado mais baixo desde janeiro passado, após 61,1 em novembro.

Leitura acima de 50 indica expansão da manufatura, que responde por 11,9% da economia dos EUA. Economistas consultados pela Reuters esperavam queda do índice a 60,1.

A medida do ISM para entregas de fornecedores caiu a 64,9, de 72,2 em novembro. Leitura acima de 50% indica entregas mais lentas para as fábricas.

Os sinais iniciais de melhora nas cadeias de oferta sugerem que a inflação no portão das fábricas pode em breve começar a diminuir.

A medida de preços pagos pela indústria sofreu um tombo para 68,2 no mês passado, nível mais baixo desde novembro de 2020, de 82,4 em novembro passado. A queda foi a maior desde março de 2020, quando fechamentos obrigatórios de empresas de serviços não essenciais foram adotados para conter a primeira onda das infecções por coronavírus.

(Reportagem de Lucia Mutikani)

PUBLICIDADE