PUBLICIDADE
IPCA
0,73 Dez.2021
Topo

Perspectiva para vendas no varejo alemão é fraca apesar de alta surpreendente em novembro

04/01/2022 09h19

BERLIM (Reuters) - As vendas no varejo alemão aumentaram inesperadamente em novembro a um recorde anual, mostraram dados nesta terça-feira, apesar das renovadas restrições pela Covid-19 que travaram uma recuperação liderada pelo consumidor na maior economia da Europa.

O Agência Federal de Estatísticas alemã informou que as vendas no varejo subiram 0,6% no mês em termos reais. Previsão da Reuters estimava queda de 0,5%.

Para 2021, as vendas varejistas aumentaram 0,9% em termos reais e 3,1% em termos nominais, atingindo máximas históricas apesar das restrições a visitas não essenciais às lojas.

"Devido às novas restrições do coronavírus, a situação permanecerá tensa por enquanto", disse Alexander Krueger, analista do banco privado Hauck Aufhaeuser Lampe.

Com a indústria ainda lutando em meio à escassez de oferta de microchips e outros componentes, será difícil para a manufatura preencher o espaço de produção criado pelo consumo mais fraco, acrescentou.

O instituto Ifo prevê retração de 0,5% da economia alemã nos três últimos meses de 2021 e estagnação no primeiro trimestre de 2022. Essa leitura levaria a Alemanha a perto de uma recessão técnica, definida como dois trimestres consecutivos de contração.

(Por Michael Nienaber)

PUBLICIDADE