PUBLICIDADE
IPCA
0,73 Dez.2021
Topo

Ações da China Mobile sobem na estreia em Xangai, após oferta de US$7,6 bi

05/01/2022 10h27

Por Andrew Galbraith e Samuel Shen

XANGAI (Reuters) - As ações da China Mobile devolveram os fortes ganhos iniciais, mas fecharam em alta na estreia em Xangai nesta quarta-feira, depois que a empresa levantou 48,7 bilhões de iuanes (7,64 bilhões de dólares) na maior oferta pública de ações na China em uma década.

A ação abriu a 63 iuanes, 9,4% acima do preço definido na oferta, de 57,58 iuanes, antes de reduzir os ganhos ao longo da sessão para fechar com alta de 0,52%, a 57,88 iuanes.

As ações da empresa listadas em Hong Kong subiram 3,33%. A China Mobile disse em um comunicado na terça-feira que avançará com um plano de recompra de até 2,05 bilhões de ações, no valor de quase 13 bilhões de dólares.

Tsz Wang Tam, analista da DBS Vickers em Hong Kong, disse que o anúncio da recompra de ações ajudou a impulsionar os papéis da empresa nesta quarta-feira, mas advertiu contra a leitura excessiva do desempenho da ação no curto prazo.

A estreia da China Mobile foi observada de perto depois que várias empresas chinesas, incluindo a BeiGene, viram recentemente suas ações caírem no primeiro dia de negociação abaixo dos preços fixados em ofertas.

Maior operadora de rede móvel do mundo em número de assinantes, a China Mobile vendeu 845,7 milhões de ações a 57,58 iuanes cada em Xangai.

A empresa disse que planeja usar os recursos da oferta para desenvolver projetos, incluindo redes 5G premium, infraestrutura para recursos de nuvem e ecossistemas inteligentes.

PUBLICIDADE