PUBLICIDADE
IPCA
0,73 Dez.2021
Topo

Encomendas à indústria dos EUA têm forte alta em novembro

06/01/2022 12h45

WASHINGTON (Reuters) - As novas encomendas de produtos fabricados nos Estados Unidos aceleraram em novembro, mas os gastos empresariais com equipamentos provavelmente tiveram dificuldades para se recuperar no quarto trimestre.

O Departamento de Comércio dos EUA informou nesta quinta-feira que as encomendas à indústria subiram 1,6% em novembro. Os dados de outubro foram revisados para cima para mostrarem avanço de 1,2%, em vez do acréscimo de 1,0% divulgado anteriormente.

Economistas consultados pela Reuters previam que as encomendas avançariam 1,5%. Os pedidos tiveram alta de 12,9% em relação ao mesmo período um ano antes.

A manufatura, que responde por 11,9% da economia norte-americana, está sendo apoiada por empresas que estão reabastecendo os estoques esgotados.

Houve aumento nos pedidos de computadores e produtos eletrônicos, além de equipamentos de transporte. Mas as encomendas de maquinário caíram, assim como as de equipamentos, eletrodomésticos e componentes elétricos.

As remessas de bens manufaturados aumentaram 0,7% em novembro, após alta de 2,0% em outubro. Os estoques nas fábricas subiram 0,7%. Pedidos ainda a serem despachados subiram 0,7%, após alta de 0,3% um mês antes.

O Departamento do Comércio também informou que as encomendas de bens de capital não relacionadas a defesa, excluindo aeronaves --uma medida dos planos de gastos das empresas com equipamentos--, ficaram inalteradas em novembro, em vez de caírem 0,1%, conforme relatado no mês passado.

Os embarques do núcleo dos bens de capital --número usado para calcular os gastos empresariais com equipamentos no relatório do Produto Interno Bruto (PIB)-- aumentaram 0,3% em novembro, assim como divulgado antes.

As despesas das empresas com equipamentos contraíram no terceiro trimestre após quatro trimestres seguidos de crescimento de dois dígitos.

(Por Lucia Mutikani)

PUBLICIDADE