PUBLICIDADE
IPCA
0,73 Dez.2021
Topo

Daly, do Fed, defende redução antecipada de balanço patrimonial e alta gradual nos juros

07/01/2022 13h28

(Reuters) - A presidente do Federal Reserve de San Francisco, Mary Daly, comentou nesta sexta-feira sobre o debate no Fed sobre quando começar a encolher seu enorme balanço, dizendo que o banco central poderia fazê-lo logo após aumentar as taxas de juros uma ou duas vezes.

"Eu preferiria uma trajetória de taxa de juros mais plana e mais ajustes no balanço patrimonial para nos colocar de volta a um lugar que é mais normal no balanço patrimonial, caso precisemos usá-lo novamente", disse Daly na reunião anual da American Economic Association, realizada virtualmente por causa da pandemia.

O balanço, disse ela, é uma ferramenta poderosa, mas também é aquela com a qual o Fed tem menos experiência. Portanto, "eu preferiria que ajustássemos a taxa básica de juros gradualmente e passássemos para a redução do balanço mais cedo do que fizemos no último ciclo", disse.

"Se ajustarmos o balanço patrimonial e observarmos o impacto na economia, no mercado imobiliário e na economia em geral, poderemos ajustar a taxa de juros após o fato", disse Daly.

Antes da pandemia, o balanço do Fed era cerca da metade de seu atual tamanho, de mais de 8 trilhões de dólares.

(Reportagem de Ann Saphir)

PUBLICIDADE