PUBLICIDADE
IPCA
0,73 Dez.2021
Topo

Crescimento dos estoques no atacado dos EUA em novembro é revisado para cima

10/01/2022 12h34

WASHINGTON (Reuters) - Os estoques no atacado nos Estados Unidos aumentaram em novembro mais do que o estimado inicialmente, sugerindo que o reabastecimento de armazéns provavelmente contribuiu para o crescimento econômico no último trimestre.

O Departamento de Comércio informou nesta segunda-feira que os estoques no atacado aumentaram 1,4%, em vez de subirem 1,2%, conforme estimado no mês passado. Os estoques atacadistas aumentaram 2,5% em outubro.

Economistas consultados pela Reuters não previam revisão dos estoques. No atacado, os estoques saltaram 15,9% em novembro em relação ao mesmo período em 2020.

Os estoques são parte fundamental do Produto Interno Bruto (PIB) norte-americano.

Os estoques de veículos automotores avançaram 2,7%, após alta de 2,8% em outubro. Ainda assim, uma escassez global de semicondutores está restringindo a produção de veículos.

Os estoques no atacado excluindo automóveis --medida que entra no cálculo do PIB-- aumentaram 1,2% em novembro.

As vendas nos atacadistas cresceram 1,3% em novembro, após acréscimo de 2,5% em outubro.

No ritmo de vendas de novembro, levaria 1,22 mês para os atacadistas esvaziarem as prateleiras, leitura inalterada em relação a outubro.

(Por Lucia Mutikani)

PUBLICIDADE