PUBLICIDADE
IPCA
0,73 Dez.2021
Topo

Wall St fecha em queda, mas Nasdaq vira para cima em frenético rali no fim do pregão

10/01/2022 18h20

Por Sinéad Carew

(Reuters) - Os mercados de ações dos Estados Unidos terminaram em queda nesta segunda-feira, mas bem longe das mínimas intradiárias, com o Nasdaq emplacando uma agressiva recuperação no fim do pregão, quando investidores pareceram caçar pechinchas a despeito dos receios sobre chances de alta nas taxas de juros.

O Nasdaq chegou a ficar 10,37% abaixo de seu nível recorde intradiário alcançado em 22 de novembro.

Além de monitorar o aumento dos rendimentos dos títulos, investidores também aguardam ansiosamente dados de inflação nesta semana e o que isso significará para o aperto da política monetária do banco central dos EUA, de acordo com Peter Tuz, presidente do Chase Investment Counsel em Charlottesville, Virgínia.

O analista também está preocupado com o impacto dos números mais recentes de casos de coronavírus na temporada de resultados corporativos do quarto trimestre, que começa no fim desta semana.

"As pessoas continuam preocupadas com a aparência da inflação e como o Fed vai agir para mitigar a situação", disse Tuz.

Com a Nasdaq reduzindo drasticamente suas perdas durante a sessão, alguns investidores apareceram procurando pechinchas após a forte liquidação no início do dia, de acordo com Rick Meckler, sócio da Cherry Lane Investments, uma family office em New Vernon, Nova Jersey.

O índice S&P 500 fechou em queda de 0,14%, a 4.670,29 pontos. O Dow Jones caiu 0,45%, a 36.068,87 pontos. O índice de tecnologia Nasdaq Composite teve variação positiva de 0,05%, a 14.942,83 pontos.

PUBLICIDADE