PUBLICIDADE
IPCA
0,47 Mai.2022
Topo

Toyota prevê queda na meta anual de produção por escassez de chips

18/01/2022 12h14

Por Tim Kelly

TÓQUIO (Reuters) - A Toyota disse nesta terça-feira que estima que não cumprirá a meta anual de produção de 9 milhões de veículos, uma vez que a concorrência por semicondutores significou não haver o suficiente para aumentar a produção de carros e compensar a produção perdida durante a pandemia no ano passado.

"Atingir a marca de 9 milhões será extremamente difícil", disse Kazunari Kamakura, executivo da maior montadora do mundo, durante um briefing online. A Toyota, acrescentou, não podia prever quanto tempo a falta de chips iria durar.

A Toyota e outras montadoras foram forçadas a reduzir a produção mesmo com a recuperação da demanda em mercados principais, como a China.

O aumento nas infecções pela variante Ômicron não levou em consideração as últimas perspectivas de produção, mas é, no entanto, uma preocupação para a Toyota, disse Kamakura. O ano comercial da Toyota vai de abril a março.

As medidas de isolamento por causa da Covid-19 no ano passado interromperam o fornecimento de componentes de fábricas no Sudeste Asiático.

A montadora disse que construirá 700.000 carros globalmente em fevereiro, mais do que no ano passado, mas 150.000 a menos do que havia planejado inicialmente.

Para atingir sua meta de produção anual de 9 milhões, estabelecida em setembro, a Toyota teria que construir 1 milhão de veículos em março.