PUBLICIDADE
IPCA
0,47 Mai.2022
Topo

BC turco interrompe afrouxamento monetário após crise cambial

20/01/2022 08h54

ISTAMBUL (Reuters) - O banco central da Turquia manteve sua taxa básica de juros em 14% nesta quinta-feira, como esperado, interrompendo um ciclo de afrouxamento que desencadeou uma crise cambial e elevou a inflação para uma máxima em 19 anos no final do ano passado.

O banco disse que monitorará o impacto de suas decisões de política monetária anteriores e espera que o "processo de desinflação comece devido às medidas tomadas para a estabilidade financeira e preços sustentáveis ..."

Sob pressão do presidente do país, Tayyip Erdogan, o banco central começou a flexibilização em setembro, cortando sua taxa básica de juros em 5 pontos percentuais desde então, para 14%. A instituição sinalizou no mês passado que pausaria o ciclo de afrouxamento para monitorar seus efeitos no primeiro trimestre.

Os cortes deixaram os rendimentos reais turcos em território profundamente negativo conforme a inflação acelerou para 36%, e provocaram uma crise cambial que fez a lira perder 44% de seu valor em relação ao dólar no ano passado.

De 16 economistas consultados em pesquisa da Reuters, 15 previam que o banco manteria sua taxa básica de juros nesta quinta-feira.

A lira subia ligeiramente e estava em 13,35 por dólar após a decisão de juros.

(Por Ali Kucukgocmen)