PUBLICIDADE
IPCA
0,47 Mai.2022
Topo

BC do Japão debateu chance de alta da inflação para 2% com aumento de preços

26/01/2022 08h58

Por Leika Kihara

TÓQUIO (Reuters) - Algumas autoridades do banco central do Japão projetaram uma breve aceleração da inflação ao consumidor em direção à meta de 2%, à medida que as pressões sobre os preços se acumulam devido à mudança no comportamento corporativo de fixação de preços, mostrou um resumo, divulgado nesta quarta-feira, das opiniões de autoridades na reunião de janeiro do banco.

Muitos membros da diretoria, no entanto, enfatizaram a necessidade de manter a política monetária ultraflexível para apoiar uma economia frágil que enfrenta novos riscos de um pico de casos da variante Ômicron do coronavírus, mostrou o resumo.

"Há uma chance de que o crescimento anual da inflação ao consumidor se aproxime brevemente de 2%. Se isso acontecer, o importante é analisar os fatos por trás do aumento e se eles são sustentados", disse um dos nove membros da diretoria do Banco do Japão, de acordo com o documento.

"A inflação ao consumidor pode atingir temporariamente níveis de cerca de 1,5% no primeiro semestre de 2022. Se esse impulso é sustentado o suficiente para que a inflação se aproxime de forma estável da meta de 2% do banco central dependerá das expectativas de salários e inflação --ou, em suma, da força da demanda", disse uma segunda autoridade.

Na reunião de janeiro, o banco central japonês elevou suas projeções para os preços, mas disse não ter pressa em mudar sua política monetária ultraexpansionista com a inflação ainda distante de sua meta.

(Reportagem de Leika Kihara)