PUBLICIDADE
IPCA
0,47 Mai.2022
Topo

Minério de ferro de Dalian sobe mais de 3% diante de preocupações com oferta

26/01/2022 07h35

Por Enrico Dela Cruz

(Reuters) - Os contratos futuros de minério de ferro na China, maior produtora de aço, saltaram mais de 3% nesta quarta-feira, sustentados por preocupações com a oferta, já que traders digeriram relatórios de menores chegadas de importação e embarques saindo da Austrália e do Brasil.

O contrato mais negociado de maio para o ingrediente siderúrgico na bolsa chinesa de commodities Dalian encerrou a sessão diurna em alta de 3,4%, a 776 iuanes (122,79 dólares) a tonelada, depois de atingir 776,50 iuanes, seu maior valor desde 13 de outubro.

As preocupações com a oferta impulsionaram os preços do minério de ferro, que se recuperaram este mês com os esforços da China de flexibilização monetária para sustentar sua economia em desaceleração.

As grandes mineradoras Fortescue Metals Group, BHP Group e Rio Tinto alertaram para interrupções devido à escassez de mão de obra, pois a Austrália enfrenta um aumento de casos de variantes do coronavírus Ômicron.

O preço spot do minério de ferro com teor de 62% para entrega na China saltou para 138 dólares a tonelada na terça-feira, o mais forte desde 7 de setembro, de acordo com a avaliação de preços da consultoria SteelHome.

O vergalhão de aço para construção na bolsa de Xangai subiu 0,4%, enquanto a bobina laminada a quente ganhou 0,2%. O aço inoxidável caiu 0,5%.

O carvão metalúrgico de Dalian avançou 0,5% e o coque subiu 1,6%.

(Enrico Dela Cruz em Manila)