PUBLICIDADE
IPCA
0,47 Mai.2022
Topo

Renault-Nissan reforçam aliança em aposta de US$26 bi em elétricos

27/01/2022 11h51

Por Tim Kelly e Gilles Guillaume

TÓQUIO/PARIS (Reuters) - Renault e Nissan anunciaram nesta quinta-feira uma ampliação de sua parceria para focarem mais em veículos elétricos, detalhando um plano de investimento de 26 bilhões de dólares para os próximos cinco anos.

A aliança que já dura duas décadas e que também inclui a Mitsubishi Motors, anunciou que vai aumentar o número de plataformas comuns de veículos elétricos de quatro para cinco.

As empresas vão ter uma linha combinada de veículos elétricos de 35 modelos até 2030. Além disso, as companhias afirmaram que 80% de seus veículos vão compartilhar plataformas comuns até 2026 ante 60% atualmente.

"A aliança vai manter sua posição entre os líderes da indústria automotiva mundial", afirmou o presidente operacional do conselho de administração da Renault-Nissan, Jean-Dominique Senard.

Questionado se o plano de investimento em veículos elétricos será suficiente, uma vez que é cerca de metade do que a Volkswagen planeja aplicar na tecnologia, a vice-presidente financeira da Renault, Clotilde Delbos, afirmou que o montante é "suficiente", dada a experiência do grupo no segmento.

"Não somos um grupo da segunda divisão quando operamos juntos", disse o presidente-executivo da Renault, Luca de Meo.

Os parceiros afirmaram que planeja assegurar 220 gigawatts/hora de capacidade de produção de bateria até 2030, o que permitiria reduzir custos em 65% até 2028.

A Nissan planeja lançar 23 veículos eletrificados até 2030, incluindo 15 modelos puramente elétricos. A empresa também pretende introduzir baterias de estado sólido até março de 2029, potencialmente reduzindo os custos de produção.

(Por Tim Kelly e Gilles Guillaume)