PUBLICIDADE
IPCA
0,47 Mai.2022
Topo

Mercado acionário europeu tem 4ª semana de baixa sob pressão de tecnologia e automóveis

28/01/2022 14h46

Por Anisha Sircar

(Reuters) - O mercado acionário europeu recuou nesta sexta-feira, com o índice STOXX 600 em queda pela quarta semana seguida, com papéis dos setores de automóveis e tecnologia liderando as perdas em meio à perspectiva de juros mais altos e preocupações com a situação na Rússia e Ucrânia.

O índice pan-europeu STOXX 600 fechou em queda de 1,02%, a 465,55 pontos, depois de ter chegado a cair 2% durante o pregão. O índice perdeu 1,8% esta semana, marcando o pior desempenho em mais de dois meses.

Os rendimentos dos títulos da zona do euro subiram à medida que os mercados continuavam a digerir a mensagem mais "hawkish" (dura no combate à inflação) do que o esperado emitida pelo Federal Reserve após sua última reunião de política monetária.

Nesta sexta-feira, a Rússia enviou o sinal mais forte até agora de que está disposta a se envolver com as propostas de segurança dos Estados Unidos e reiterou que não quer guerra pela Ucrânia.

"Com a aproximação do fim de semana, muita coisa pode acontecer em relação à situação na fronteira da Ucrânia e as tropas russas", disse David Madden, analista de mercado da Equiti Capital.

"O medo é que os mercados acionários ficarão fechados por um período de 48 horas, e o que vai acontecer conforme as tensões aumentam nesse período é algo importante."

O setor de tecnologia teve queda de 1,7%. Já as ações de montadoras recuaram 1,8%, com a Volvo cedendo 3,5% depois que a fabricante de caminhões sueca divulgou resultados mais baixos no quarto trimestre e propôs um dividendo menor do que o esperado.

Em LONDRES, o índice Financial Times recuou 1,17%, a 7.466,07 pontos.

Em FRANKFURT, o índice DAX caiu 1,32%, a 15.318,95 pontos.

Em PARIS, o índice CAC-40 perdeu 0,82%, a 6.965,88 pontos.

Em MILÃO, o índice Ftse/Mib teve desvalorização de 1,18%, a 26.565,41 pontos.

Em MADRI, o índice Ibex-35 registrou baixa de 1,10%, a 8.609,80 pontos.

Em LISBOA, o índice PSI20 desvalorizou-se 0,72%, a 5.521,86 pontos.

(Reportagem de Anisha Sircar, Susan Mathew e Shreyashi Sanyal em Bengaluru)