PUBLICIDADE
IPCA
0,47 Mai.2022
Topo

George, do Fed, diz que banco central precisará se mover de forma deliberada ao retirar estímulo

31/01/2022 15h56

NOVA YORK (Reuters) - Com a inflação no nível mais alto em quase quatro décadas e as taxas de juros próximas de zero, é hora de o banco central dos Estados Unidos (Fed) começar a remover o apoio oferecido durante a pandemia, disse a presidente do Fed de Kansas City, Esther George, nesta segunda-feira.

"Idealmente, você sempre quer ir gradualmente", disse George durante evento organizado pelo Clube Econômico de Indiana, acrescentando que as taxas de juros estão a um "longo caminho" do que pode ser considerado normal.

"Mas acho que o Federal Reserve terá que agir deliberadamente em suas decisões de retirar a acomodação monetária, e isso foi sinalizado em nossa última reunião."

(Por Jonnelle Marte)