PUBLICIDADE
IPCA
0,47 Mai.2022
Topo

Nasdaq sobe na sessão, mas ainda caminha para tombo mensal em janeiro conturbado

31/01/2022 13h09

(Reuters) - O índice Nasdaq Composite, com forte peso de ações de tecnologia, subia mais de 1% nesta segunda-feira, mas ainda estava a caminho de seu pior início de ano, com investidores se afastando de papéis com avaliações elevadas em meio a apostas de aumentos agressivos de taxas de juros e a tensões geopolíticas.

As avaliações das ações de crescimento e tecnologia estão sob crescente escrutínio, o que explica em parte o tombo de 10,5% do Nasdaq no acumulado deste mês.

"O termômetro de janeiro, que afirma 'como janeiro, assim vai o ano', será negativo, indicando que investidores estão em um ano desafiador", disse Sam Stovall, estrategista-chefe de investimentos da CFRA Research.

Cinco dos 11 principais setores do S&P avançavam neste pregão, liderados por um ganho de 0,9% nas ações de tecnologia.

Tesla Inc subia 5,5%, depois que o Credit Suisse elevou a classificação da ação da empresa para "outperform" (vendo desempenho superior ao da média do mercado), enquanto Netflix Inc saltava 8,0%, após o Citigroup elevar a recomendação das ações da empresa de streaming para "compra".

O índice S&P 500 acumulava uma queda de 6,5% em janeiro, a caminho de seu pior mês desde o "crash" causado pela pandemia, em março de 2020.

O banco central dos EUA sinalizou na semana passada que pretende combater a inflação --no pico em quatro décadas-- aumentando as taxas de juros de forma mais agressiva do que muitos participantes do mercado esperavam.

Tensões geopolíticas também elevaram a incerteza do mercado, com os EUA e seus aliados ameaçando a Rússia com novas sanções econômicas se Moscou atacar a Ucrânia.

Às 12:58 (de Brasília), o índice S&P 500 ganhava 0,58%, a 4.457,72 pontos, enquanto o Dow Jones caía 0,03%, a 34.714,45 pontos. O índice de tecnologia Nasdaq Composite avançava 1,86%, a 14.026,51 pontos.

(Por Bansari Mayur Kamdar)