PUBLICIDADE
IPCA
1,06 Abr.2022
Topo

CVC vê novas lojas com vendas 20% acima do esperado, diz presidente

16/03/2022 15h49

SÃO PAULO (Reuters) - O grupo de turismo CVC espera obter ganhos de alavancagem operacional neste ano, impulsionado pela recuperação do mercado de viagens, controle de despesas e novas lojas que começam a mostrar resultados acima do esperado.

"Nossa primeira nova loja foi inaugurada em outubro e nestes cinco meses é seguro dizer que está rodando 20% acima da nossa perspectiva", disse o presidente-executivo da CVC, Leonel Dias Neto, em conferência com analistas.

A companhia divulgou na noite da véspera forte alta nas vendas do quarto trimestre e resultado operacional positivo que reverteu um desempenho negativo de 112,6 milhões de reais sofrido um ano antes.

As ações da CVC lideraram as altas do Ibovespa durante quase todo o pregão desta quarta-feira e às 15h48 disparavam quase 15% ante avanço de 1% do índice.

"Temos alta confiança na retomada. Temos altos índices de vacinação e aumento da malha aérea melhorando a oferta", disse o executivo. Ele acrescentou que a expectativa é que as companhias aéreas tenham neste ano um volume de rotas em operação no país de "no mínimo" 90% do que tinham antes da chegada da pandemia, em março de 2020.

A expectativa ocorre apesar dos esperados aumentos nos preços das passagens aéreas, que têm sido impulsionados pelo retorno da demanda como também pela alta dos preços do petróleo. No quarto trimestre, por exemplo, o indicador yield, que mede preços de passagens aéreas, da Gol subiu 40% em comparação com mesmo período de 2020 e avançou 29,5% ante trimestre imediatamente anterior.

Dias afirmou ainda que a expansão de lojas da CVC em 2022 deverá ser "massiva" e que as comissões pela venda de pacotes de viagens este ano fiquem pelo menos estáveis ante 2021.

Além disso, o executivo afirmou que a companhia renovou nos dois primeiros meses deste ano contratos de todos os franqueados que tinham vencimento previsto para os próximos dois anos. Dias deu indicações de que a empresa vai ampliar investimentos em marketing nos próximos trimestres após vários meses de foco em redução de endividamento e em esforços de digitalização, em meio aos impactos das medidas de isolamento social sobre o mercado de turismo.

Na frente de investimentos, a CVC deve elevar em 20% a aplicação de recursos em 2022, após investir 134 milhões em tecnologia em 2021, disse o executivo.

(Por Alberto Alerigi Jr.; edição de André Romani)