PUBLICIDADE
IPCA
1,06 Abr.2022
Topo

BCE tem "espaço extra" antes de 1° aumento de juros, diz Lagarde

17/03/2022 08h57

FRANKFURT (Reuters) - O Banco Central Europeu deu a si mesmo "espaço extra" entre o fim planejado de seu programa de impressão de dinheiro, no terceiro trimestre, e o que será o primeiro aumento de juros em mais de uma década, disse a presidente do BCE, Christine Lagarde, nesta quinta-feira.

Os investidores estavam aumentando suas apostas em custos de empréstimos mais altos na zona do euro depois que o Federal Reserve elevou os juros na quarta-feira, apertando sua política monetária pela primeira vez desde o início da pandemia de coronavírus e apesar da incerteza decorrente da invasão da Ucrânia pela Rússia.

Mas, repetindo uma mensagem da semana passada, Lagarde disse que qualquer aumento na taxa básica de juros do BCE será gradual e virá apenas "algum tempo" após o fim de seu programa de compra de títulos, que deve acontecer no terceiro trimestre do ano, a não ser que haja mais turbulência financeira.

"Isso mantém nossa lógica de sequenciamento tradicional, mas também nos dá espaço extra, se necessário, depois que pararmos de comprar títulos e antes de darmos o próximo passo em direção à normalização" monetária, disse ela em conferência em Frankfurt.

Os mercados monetários precificam aumentos de quase 0,50 ponto percentual na taxa de depósito do BCE até o final deste ano, o que a levaria de volta a zero após oito anos em território negativo.

(Por Francesco Canepa)