PUBLICIDADE
IPCA
1,06 Abr.2022
Topo

Wall St sobe com menores receios sobre Fed e calote da Rússia

17/03/2022 18h00

(Reuters) - Todos os três principais índices de Wall Street avançaram mais de 1% nesta quinta-feira, com investidores considerando o caminho do banco central dos EUA para aumentos das taxas de juros e menores preocupações sobre as perspectivas de um calote russo após credores receberam pagamentos.

O S&P 500, o Dow Jones e o Nasdaq registraram seu maior ganho percentual de três sessões desde o início de novembro de 2020, depois de notícias aumentarem o apetite ao risco em um mercado que já se beneficiava da caça às pechinchas. O S&P 500 também testemunhou seu terceiro dia consecutivo de avanços de mais de 1%.

As notícias vindas da Rússia sobre pagamentos e a quebra de linhas técnicas de declínio "para cima" nos índices, incluindo o S&P e o Nasdaq, impulsionaram as ações, de acordo com Michael James, diretor administrativo de negociação de ações da Wedbush Securities.

"Está dando aos investidores um nível crescente de otimismo cauteloso, que é uma mudança em relação ao pessimismo significativo que temos experimentado desde o início de janeiro", disse James.

"As pessoas ficaram mais confortáveis ​​com o fato de que as taxas de juros estão subindo. Isso tem sido falado ad nauseum pelo chair (do Fed, Jerome) Powell desde o início de dezembro", disse ele.

"O fato de não haver surpresas negativas significativas nos planos do Fed após a reunião e o comentário de Powell deram às pessoas a sensação de que talvez tenhamos visto o pior que vai ficar no curto prazo."

O índice S&P 500 fechou em alta de 1,23%, a 4.411,67 pontos. O Dow Jones subiu 1,23%, a 34.480,76 pontos. O índice de tecnologia Nasdaq Composite avançou 1,33%, a 13.614,78 pontos.