PUBLICIDADE
IPCA
1,06 Abr.2022
Topo

Preços estabilizam, mas registram segundo declínio semanal consecutivo

18/03/2022 17h18

Por Laura Sanicola

(Reuters) - Os preços do petróleo fecharam em alta nesta sexta-feira, mas registraram a segunda perda semanal consecutiva, após uma semana de negociação volátil em meio à dificuldade de substituição do petróleo russo em um mercado apertado.

O petróleo Brent fechou em alta de 1,29 dólar, ou 1,2%, para 107,93 dólares o barril, um dia depois de subir quase 9% no maior ganho percentual diário desde meados de 2020.

O petróleo dos EUA (WTI) fechou com avanço de 1,72 dólar, ou 1,7%, a 104,70 dólares o barril, aumentando o salto de 8% da sessão anterior.

Ambos os contratos de referência terminaram a semana em queda próxima a 4%, após terem sido negociados numa faixa de 16 dólares. Os preços atingiram máximas de 14 anos há quase duas semanas, encorajando surtos de realização de lucros desde então.

Os preços do petróleo estão em uma montanha-russa, impulsionados pela crise de oferta com traders evitando barris russos e diminuindo os estoques de petróleo.

Mas os preços também foram afetados por preocupações com a demanda diante do aumento dos casos de Covid-19 na China, enquanto as negociações nucleares vacilantes com o Irã têm sido um fator de imprevisibilidade no mercado.

(Reportagem adicional de Sadia Nasralla em Londres, Sonali Paul em Melbourne e Florence Tan em Cingapura)