PUBLICIDADE
IPCA
1,06 Abr.2022
Topo

Oferta de capitalização da Eletrobras só deverá ser lançada após 25/04, diz CEO

22/03/2022 15h52

(Reuters) - A oferta de capitalização da Eletrobras só poderá ser lançada após publicação do documento 20-F, marcada para 25 de abril, disse nesta terça-feira o CEO da companhia, Rodrigo Limp, em teleconferência de resultados.

Ele acrescentou que o prazo também depende de uma última aprovação do Tribunal de Contas da União (TCU), que agora está analisando a modelagem, valuation e preço mínimo da operação de capitalização.

"Não temos informação sobre quando será a deliberação do tribunal, temos acompanhado e sempre que demandados, prestado todas as informações solicitadas", afirmou.

Limp disse ainda que a companhia não participa da discussão sobre o preço mínimo da oferta, o principal ponto da última análise do TCU. Segundo ele, esse tema é de conhecimento apenas do BNDES, que coordena a operação, e do TCU.

A Eletrobras corre contra o tempo para realizar a capitalização e concluir sua privatização no cronograma atual, que prevê a liquidação da oferta de ações até 13 de maio. Essa é a data limite para que a operação seja realizada com base nos dados do quarto trimestre de 2021.

"Temos diversas etapas a serem cumpridas, tanto etapas internas, como o fechamento do 20-F, tratativas com CVM e realização do road show, quanto atos externos, como a aprovação do TCU... Caso a gente não consiga fazer na janela, não há óbice para que se faça na próxima... (a oferta) poderia ser realizada até meados de agosto", disse, em coletiva de imprensa.

O executivo informou ainda que a companhia não trabalha com um cenário de deterioração das condições de mercado para a realização da oferta por causa do conflito Rússia-Ucrânia.

"Com relação à volatilidade, vai muito da visão dos investidores com relação à Eletrobras. A Eletrobras é um ativo de longo prazo, trabalhamos com a expectativa de que haja um interesse grande na capitalização da empresa".

(Por Letícia Fucuchima)