PUBLICIDADE
IPCA
1,06 Abr.2022
Topo

Braskem avalia parceria em unidade de biopolímeros, não tem acerto para cisão

23/03/2022 10h01

SÃO PAULO (Reuters) - A Braskem disse nesta quarta-feira que trabalha por meio de potenciais parcerias estratégicas e financeiras para atingir a meta de capacidade de produção do chamado "plástico verde", mas que não tem qualquer "compromisso ou obrigação" para eventual cisão ou IPO de seu negócio de biopolímeros.

O posicionamento ocorre após o jornal Valor Econômico dizer nesta quarta-feira que a Braskem contratou o Citi para uma potencial cisão de sua divisão de biopolímeros, citando fontes não identificadas.

A Braskem afirmou que possui um compromisso de atingir 1 milhão de toneladas de capacidade de produção de plástico verde até 2030 e que as potenciais parcerias a ajudariam a entregar esse objetivo.

A unidade de biopolímeros, que produz resinas por meio de fontes renováveis, busca levantar cerca de 500 milhões de dólares por meio de uma oferta pública inicial de ações (IPO) ou de uma parceria, segundo o jornal.

A divisão é avaliada em cerca de 2 bilhões de dólares, diz o Valor.

(Por Andre Romani e Gabriel Araujo)