PUBLICIDADE
IPCA
1,06 Abr.2022
Topo

BC do Japão amplia batalha para defender limite de rendimentos

29/03/2022 08h44

Por Leika Kihara

TÓQUIO (Reuters) - O banco central do Japão manteve sua batalha incessante pela defesa do teto de rendimento ao oferecer comprar volumes ilimitados de títulos de 10 anos do governo nesta terça-feira, destacando sua determinação em manter a política monetária ultrafrouxa e pressionando o iene para baixo.

A intervenção do Banco do Japão está em linha com o anúncio feito pelo banco central na segunda-feira de oferecer compras ilimitadas de títulos de terça a quinta-feira para evitar a alta do rendimento dos títulos de 10 anos do governo japonês (JGB) além do limite implícito de 0,25%.

O banco central fez duas ofertas nesta terça-feira, depois que a primeira pela manhã fracassou em reduzir muito os rendimentos. Combinadas, as ofertas atraíram propostas de 528,6 bilhões de ienes (4,28 bilhões de dólares).

O rendimento do JGB de 10 anos ficou em 0,245% nesta terça, rondando o limite de 0,25% apesar da intervenção.

Alguns analistas duvidam que o banco central possa sustentar sua ação de compras de títulos por um período prolongado.

"Teoricamente, o Banco do Japão pode proteger o limite de 25 pontos básicos através de operações ilimitadas com taxa fixa. Mas ao mesmo tempo, acho que a situação não é sustentável", disse Kentaro Koyama, economista-chefe do Deutsche Bank.

"No curto prazo, o banco pode continuar com operações de compras ilimitadas. Mas se o Banco do Japão continuar a ser desafiado pelo mercado, acho que pode ser o gatilho para ajustar o controle de sua curva de rendimentos.

(Reportagem adicional de Junko Fujita e Tom Westbrook)